Radiologia pediátrica

Radiologia Pediátrica é uma subespecialidade da radiologia que envolve a imagem de fetos, bebês, crianças, adolescentes e jovens adultos. Embora existam muitas condições que são observadas apenas em lactentes, boa parte das doenças observadas em pediatria são as mesmas que as observadas em adultos. Entretanto, existem vários diferenciais na forma profissional ao lidar com crianças.


A diferença mais notável é que esse tipo de radiologia deve levar em conta a dinâmica de um corpo em desenvolvimento, de bebês prematuros a adolescentes, em que os órgãos seguem os diferentes padrões e fases de crescimento, próprios de cada idade. Os testes médicos de imagem proporcionam todas as facilidades necessárias para o tratamento especializado de crianças e suas patologias específicas.


Existem, porém, alguns desafios que envolvem a prática da radiologia para crianças e jovens. Ao contrário dos adultos, as crianças nem sempre podem compreender uma mudança de ambiente, portanto, a equipe que trabalha com esta especialidade deve ter cuidados, atenções e delicadezas especiais. É importante reconhecer que quando uma criança está doente, ela tende a seguir seus instintos, que geralmente significa chorar e ficar perto de seus pais. Isto representa um enorme desafio para o técnico de radiologia, que deve tentar ganhar a confiança da criança e obter sua cooperação. 

Diferenciais da radiologia pediátrica


Um dos elementos mais essenciais da radiologia pediátrica é a criação de um ambiente em que a criança esteja confortável. Isso porque, na realização de procedimentos, imagens de alta qualidade são necessárias para diagnosticar com sucesso uma condição. Para alcançar este objetivo, as salas muitas vezes podem ser adaptadas para atender às necessidades da criança, acrescentando desenhos de parede, estimulação visual e brinquedos, por exemplo.


Uma vez que a cooperação da criança tenha sido alcançada, há também o desafio de manter a criança quieta durante o seu exame de imagem. Isto pode ser muito difícil para elas em um momento em que estão sofrendo com dor. Profissionais com habilidade de convencimento e que podem contar com o apoio dos pais geralmente conseguem alcançar este objetivo. Outro desafio enfrentado é a diferença de radiação entre um adulto e uma criança.


O profissional que trabalha com a radiologia pediátrica precisa estar especialmente próximo de seus colegas de outras especialidades, subespecialidades médicas e cirurgias pediátricas para que possa oferecer os melhores serviços de imagem e cuidar de seus pacientes e suas famílias - já que, especialmente no caso de uma criança, há uma rede de pais e responsáveis envolvidos. 

Diferenciais da radiologia pediátrica

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre radiologia pediátrica

Pode-se notar que um diagnóstico eficaz, seguro e de alta qualidade realizado com o auxílio da radiologia pediátrica é o resultado do trabalho conjunto de diversos profissionais, assim como também da relação destes com os pacientes e seus pais ou responsáveis. No que tange às crianças, especialmente, a relação entre os pais ou responsáveis com as crianças e com a equipe é fundamental para o sucesso do resultado. Os pais e responsáveis preocupam-se com o bem-estar de suas crianças, especialmente quando necessitam de cuidados médicos especializados. Para que estejam tranquilos e seguros e, assim, transmitirem a mesma tranquilidade às crianças, é necessário que estejam bem informados a respeito dos procedimentos aos quais elas estarão submetidas. Nossos especialistas estão disponíveis para responder suas perguntas a respeito da radiologia pediátrica. Entre em contato conosco hoje mesmo e ficaremos satisfeitos em atendê-lo.

Localização

R. Teresa Maria Luizetto, 295

Vila Santa Luzia, Taboão da Serra

06754-010

(11) 4701-4425

www.scandiagnostico.com.br