Medicina diagnóstica

O mercado de medicina diagnóstica, que vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos, nada mais é que a cadeia de formas de investigação de doenças e envolve os exames de análises clínicas, os exames radiológicos e os diagnósticos por imagem. Até meados da década de 90, ainda não existia um ambiente único para a realização dos exames. Eles eram feitos pelos próprios médicos e de forma não padronizada, em seus consultórios ou em pequenos laboratórios. Não existia uma regulamentação específica para esse segmento.


A partir dos anos 90, o mercado de análises clínicas sofreu mudanças muito significativas, principalmente pelo fato de haver um grande desenvolvimento tecnológico e da medicina em si, acarretando na implantação de novos tipos de serviços e técnicas capazes de fazer e avaliar diagnósticos com muito mais precisão e eficiência, até mesmo em grandes escalas. A ascensão e utilização da robótica e da computação no meio médico se tornou necessária e útil. Hoje em dia, é possível descobrir uma doença e tratá-la muito mais rapidamente, diminuindo assim riscos de morte. Como o custo de obtenção de toda a tecnologia e dos novos equipamentos que foram surgindo no mercado é muito alto, foram implementados centros para realização de exames, o que hoje conhecemos como laboratórios de medicina diagnóstica.

Os laboratórios de medicina diagnóstica que podem prestar serviços para inúmeros médicos, de acordo com o tipo de exame e da preferência do cliente, se enquadram em um dos três ramos deste grande setor, que está subdividido em:


• Atendimento ambulatorial: é onde se encaixam os laboratórios. Eles oferecem serviços em um ambiente próprio, não localizados em hospitais ou consultórios. Nestes locais o paciente, com uma guia de um pedido médico em mão, realiza os exames laboratoriais, de imagem e demais especialidades, pega os resultados e retorna ao médico para obter o diagnóstico;

• Atendimento hospitalar: são aqueles onde os exames são realizados dentro do ambiente hospitalar. Pode ser de uma empresa terceirizada de laboratórios, que comumente faz acordo com hospitais, e oferta toda a estrutura tecnológica e entrega rápida de exames para os atendimentos de emergência ou até mesmo em uma estrutura do próprio hospital, com uma equipe capacitada.

• Atendimento a outros laboratórios: Neste caso existe prestação de serviços de análise diagnóstica de um para outro laboratório. Este serviço é necessário quando há uma demanda muito grande em clínicas maiores e é preciso repassar uma parte para que os resultados saiam dentro do prazo ou quando é necessária a análise de exames mais complexos que não é possível realizar na própria unidade, sendo isso mais comum em pequenos laboratórios.

Diferenciais de medicina diagnóstica

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre medicina diagnóstica

Os laboratórios de medicina diagnóstica surgiram para tornar a realização dos mais variados tipos de exame mais padronizados, seguros e facilitar para o paciente já que ele pode fazer várias análises de uma só vez, em um só local. Para os médicos, é vantajoso pois diminui a quantidade de trabalho e possibilita a determinação do diagnóstico de forma mais precisa. Uma boa empresa de diagnósticos precisa ter um bom quadro de funcionários, com médicos especialistas e técnicos para a realização dos exames, aparelhos de última geração e comprometimento na entrega dos resultados para atender com qualidade todos os pacientes. Para conhecer mais sobre o assunto, continue acompanhando nossos conteúdos.

Localização

R. Teresa Maria Luizetto, 295

Vila Santa Luzia, Taboão da Serra

06754-010

(11) 4701-4425

www.scandiagnostico.com.br