Densitometria Óssea

A densitometria óssea é uma modalidade de exame que permite diagnosticar a osteoporose, osteopenia e outros tipos de doença dos ossos. Esse procedimento detecta a redução de massa óssea, sendo um método moderno e proporcionando resultados favoráveis sobre a densidade mineral dos ossos de acordo com a idade e o sexo.


Essa técnica utiliza aparelhos sofisticados para examinar a coluna lombar, o terço distal do radio e a região proximal do fêmur. O paciente é avaliado por meio destas partes ósseas, pois elas apresentam maiores riscos de fraturas. O exame é realizado em um curto tempo de no máximo 5 minutos, onde a exposição à radiação é muito menor do que o exame de radiografia torácica.


Com objetivo de identificar problemas ósseos, o exame indica exatamente a probabilidade de sofrer fraturas ou de desencadear uma osteoporose. O exame não exige nenhum tipo de jejum ou preparação prévia. E podem ser realizados em crianças, adolescentes e adultos conforme a orientação e pedido médico. Porém é preciso apresentar aspectos clínicos que somente o médico pode avaliar e sugerir o exame.


O procedimento é contraindicado para mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez, obesidade grave, pessoas que usam prótese ou realizaram exames com contraste de bário ou iodo.

A densitometria é uma técnica muito sofisticada que permite ser realizada com:


▪ agilidade de ação, pois o paciente não precisa ficar muito tempo em uma posição;

▪ pouca exposição na radiação;


E mesmo se exigir cuidados especiais, o paciente não deve usar nada de metal como colares, brincos, relógios ou cintos com fivela. Sendo que objetos de metal podem alterar o diagnóstico. Ao realizar o exame, o paciente deve usar a vestimenta do hospital apropriada. Depois é necessário deitar sobre uma mesa acolchoada e posicionando as pernas em suporte, deixando a coluna vertebral e a pelve alinhada. E o procedimento age por meio de laser sobre os órgãos a serem investigados, digitalizando os resultados que foram analisados na radiação. O resultado também é transmitido por meio de uma foto nítida sobre os ossos e com os resultados negativos ou positivos da massa óssea.


A densitometria óssea pode ser solicitada pelo médico pelo menos entre um ou dois anos, principalmente em casos de suspeita de algum tipo de doença dos ossos. Esse exame é mais exigido para os homens com idade entre 50 anos e mulheres após os 40 anos ou que estão no processo de transição da menopausa, fase que perde alta quantidade de cálcio.

Diferenciais de desintometria óssea

Fale com nossos especialistas e saiba mais sobre densitometria óssea

Está precisando fazer o exame de densitometria óssea? Não fique preocupado e procure informações sobre todos os procedimentos, como também os locais mais indicados para esta especialidade. Nossa equipe pode te ajudar em tudo que precisa, onde o principal objetivo é auxiliar na forma mais segura de como realizar o exame. Converse com nossos especialistas, pois estamos à disposição para falar sobre o assunto e deixá-lo seguro para a realização de densitometria óssea.

Localização

R. Teresa Maria Luizetto, 295

Vila Santa Luzia, Taboão da Serra

06754-010

(11) 4701-4425

www.scandiagnostico.com.br