Aparelho de densitometria óssea

A densitometria óssea é uma tecnologia bastante avançada e que permite avaliar e monitorar as alterações na massa óssea, ou seja, na densidade mineral óssea. O aparelho de densitometria óssea possibilita a máxima precisão nos resultados, especialmente nos exames comparativos, além de diagnosticar previamente doenças que prejudicam o metabolismo ósseo. O exame de densitometria emite baixas doses de radiação ionizante, que interagem com o tecido mole e com o tecido ósseo. Através de cálculos eletrônicos é adquirido o valor da densidade mineral óssea e também o valor do conteúdo mineral ósseo.


A osteoporose é uma condição em que os ossos se tornam fracos e frágeis, por isso, ela é caracterizada por ser uma deficiência tanto qualitativa quanto quantitativa. Ela pode levar a massa óssea a um grau de fragilidade muito alto, possibilitando que fraturas aconteçam em virtude de pequenos traumas. A osteoporose afeta tanto os homens quanto as mulheres, no entanto, mais mulheres. Estima-se que a partir dos cinquenta anos a doença atinja seis mulheres para apenas um homem. E a partir dos sessenta anos, a estimativa é de duas mulheres para cada homem.


Por isso, os exames realizados pelo aparelho de densitometria óssea são indicados para pacientes com osteoporose. Saiba mais sobre esse exame que possui muita relevância para o estudo ósseo.

O aparelho de densitometria óssea foi desenvolvido em 1963 por americanos. Depois de 26 anos, o primeiro aparelho chegou ao Brasil, trazido em 1989. A densitometria óssea é um exame extremamente rápido, dura cerca de cinco minutos. Além disso, é indolor para a medição da densidade mineral óssea.


O exame realizado pelo aparelho de densitometria óssea permite detectar alguns estados de redução da massa óssea. Além disso, ainda estima a resistência óssea e avalia o risco de fraturas no futuro em pacientes, por exemplo, com baixa massa óssea, especialmente no fêmur direito e na coluna lombar (coluna lombo-sacra), auxiliando no tratamento médico. No entanto, o exame também pode ser realizado no fêmur esquerdo ou nos dois juntos, além do antebraço direito e esquerdo ou até no corpo inteiro. 


O método da densitometria é muito rápido e preciso, ele não é invasivo e possui baixa emissão de raios x, tanto para o paciente quanto para o técnico. Durante o exame, o paciente deve permanecer deitado em uma mesa acolchoada, enquanto isso, o “braço” do aparelho, que possui um gerador de raios x de um lado e do outro está o receptor, percorre toda a área examinada, gerando imagens em um monitor de computador.

Diferenciais do aparelho de densitometria óssea

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre aparelho de densitometria óssea

O aparelho de densitometria óssea é o mais indicado para a realização do exame para o diagnóstico da osteoporose, uma vez que consegue detectar a redução da massa óssea previamente e de maneira precisa. O aparelho utilizado para esse método é bem avançado e sofisticado, além disso, possui vantagens como rapidez e baixa exposição à radiação. Gostou da matéria sobre aparelho de densitometria óssea? Então siga os nossos canais e fique por dentro de nossas novidades e notícias em primeira mão. Se você tem alguma dúvida a respeito do assunto, deixe o seu comentário abaixo. Logo, um de nossos especialistas entrará em contato.

Localização

R. Teresa Maria Luizetto, 295

Vila Santa Luzia, Taboão da Serra

06754-010

(11) 4701-4425

www.scandiagnostico.com.br